quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Falsa obstipação

Um dos temas que mais preocupa os recém-pais é a frequência dos cocós do bebé. Por isso achei útil clarificar o mito da obstipação nos bebés amamentados em exclusivo (ou seja, alimentados apenas de leite materno, sem introdução de suplementos ou outros alimentos).

É importante dizer que os bebés amamentados em exclusivo podem passar períodos de vários dias, sem fazer cocó e isso é normal.

O indicador que temos que observar é a consistência das fezes. Caso as fezes sejam semi-líquidas ou moles/pastosas, não é considerada obstipação. Aliás, é chamada precisamente "falsa obstipação".

A obstipação não se caracteriza pela frequência das fezes, mas sim pela sua consistência. Um bebé só está obstipado se eliminar fezes duras e secas.

Acontece porque nalguns períodos de crescimento, o leite materno é absorvido practicamente na íntegra, sem deixar resíduos para o organismo eliminar.

Se for esse o caso: bebé amamentado em exclusivo que passa vários dias sem fazer cocó mas quando faz é mole, continua a aumentar de peso e não mostra sinais de desconforto, não é preciso fazer nada. Está tudo bem e é uma situação normal!

É frequente ver mães super-preocupadas porque o bebé não faz cocó há 2, 3 dias. Estes pais, além de ficarem em stress (emoção que se transmite com facilidade ao bebé) sujeitam os seus filhos a uma série de "tratamentos" que podem ser bastante desconfortáveis - e nalguns casos dolorosos - (bebegel, supositórios, chás, laxantes infantis, estimulação do ânus com termómetro...) sendo que alguns podem ser também irritantes para o intestino do bebé e causar cólicas.

"Dejecções - Durante o primeiro mês costumam ser muito frequentes, após cada uma das mamadas e, às vezes, entre elas; alguns bebés fazem mais de 20 dejecções por dia. Entre os 2 e os 4 meses tornam-se mais escassas, chegando quase todos os bebés com aleitamento materno a fazer uma só vez a cada 2 a 4 dias, ou alguns a cada 8, 10 ou mais dias. Alguns lactentes saudáveis chegam a ficar 30 dias sem defecar. Quando por fim fazem é de consistência normal, semilíquida ou pastosa. Portanto, NÃO é obstipação e não deve fazer-se absolutamente nada (não dar sumos, nem chás, nem ervas, nem supositórios, nem estimular o ânus com um termómetro...). A obstipação não se caracteriza pela frequência das fezes, mas sim pela sua consistência. Um bebé só está obstipado se eliminar umas bolas duras e secas.Esta falsa prisão de ventre do lactente é tão frequente e, provoca tanta preocupação às mães (e tanto sofrimento aos bebés, submetidos a tratamentos inúteis), que nos parece necessário informar repetidamente as grávidas e as mães de recém-nascidos.(...)" - "Manual Pratico do Aleitamento Materno" . Carlos Gonzalez

4 comentários:

Mena disse...

A mim também me preocupava muito a frequência dos cocós e as cólicas que daí advinham, mas o médico também nos disse que era normal e receitou-nos o aero-bio que equilibra a flora intestinal.

irene disse...

Olá,vim te visitar,
seu cantinho é maravilhoso!
Adorei parabéns!!
Vou voltar mais vezes com certeza.
Bjinhos Irene Sarranheira;)

Maternity mum disse...

Interesting no british wrighter has the guts to wright a good blog like this one !

Rê Cicca disse...

Brasil saúda Portugal. Onde tem assunto sobre bebes, sempre se tem muitos leitores...Muito bom esse blog, parabéns!!!

Aqui há bebé também lê
http://descompensando.blogspot.com/

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails